FICA A DICA: MUSEU CASA DE SANTOS DUMONT


E a dica de hoje para o seu passeio ser repleto de cultura e história é o Museu Casa de Santos Dumont que preserva e divulga a memória do pai da aviação brasileira, gênio da engenharia que revolucionou o mundo.


Bem Tombado em 14 de julho de 1952, a casa foi projetada por Alberto Santos Dumont para sua residência de verão na cidade, sendo construída em 1918, pelo engenheiro Eduardo Pederneiras. Devido a localização, seu criador batizou-a de “A Encantada”. Após sua morte, em 23 de julho de 1932, seus sobrinhos e herdeiros doaram à Prefeitura de Petrópolis, em 6 de novembro de 1936, a “Encantada” e o prédio dos fundos, com a condição de que ali fosse instalada uma instituição que perpetuasse a memória do inventor. Em 21 de março de 1943, por ocasião do centenário da cidade, o prefeito Márcio Alves inaugurou o Museu Casa de Santos Dumont, em cerimônia presidida pelo Ministro da Aeronáutica, Salgado Filho.


Construída em terreno íngreme na forma de um chalé alpino francês, a casa foi projetada em peça única com três andares e um terraço. No térreo, há um porão que servia de oficina e laboratório; no segundo, a sala ampla era destinada às refeições, à biblioteca e ao estúdio; o acesso ao quarto de dormir e ao banheiro era feito por uma escada quase vertical; uma porta lateral abria-se para uma ponte com acesso ao alto do terreno no nível do telhado, feito em folha de flandres, onde havia um mirante para observações astronômicas. Sem cozinha, as refeições eram feitas em um hotel vizinho.


A casa e o acervo pertencentes a Santos Dumont foram inscritos no Livro do Tombo Histórico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 14 de julho de 1952. O Museu torna-se vónculo à Fundação Petrópolis de Cultura, Esportes e Lazer, recebendo, aproximadamente, nove mil pessoas por mês, sendo o segundo museu mais visitado da cidade. Acervo é composto por: livros, luminária, objetos de porcelana, mobiliário, utensílios, livros raros, fotografia, vestuário e acessórios. No Centro Cultural 14 bis, anexo à Casa, pode ser conferido um curta-metragem sobre o aviadot. O espaço tem acessibilidade para os visitantes com necessidades especiais, tais como maquetes táteis e vídeos com legendas em libras, além de folders em braile. É o primeiro museu do estado do Rio de Janeiro a utilizar diversos meios e tecnologias adequadas para recepção de deficientes físicos, auditivos e visuais, bem como idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.


Museu Casa de Santos Dumont: A Encatada

Rua do Encanto, 22, Centro – Petrópolis/RJ

CEP: 25685-081

Tels.: (24) 3397-0517

Horário: segunda à sexta das 10h às 16h

1 visualização